NOTÍCIAS

Boi Caprichoso abre temporada em festa no fim de semana azul em Parintins

Parintins vestiu-se de azul e branco para festejar o Boi Caprichoso

24 de abril de 2016 Parintins Amazonas Terra Folclore Eventos

Pitter Freitas e Pedro Coelho



Curral lotado no lançamento do CD “Viva Parintins!”. Milhares de torcedores caminharam com o boi nas ruas até o primeiro ensaio oficial de 2016 até o curral Zeca Xibelão. Esse foi o clima geral das festas no fim de semana azul do Boi-Bumbá Caprichoso, em Parintins. A galera do Caprichoso viveu dois dias intensos de festa de 22 a 23 para anunciar a abertura da temporada de boi-bumbá na Ilha Tupinambarana.

O lançamento do CD teve como ponto alto o repertório das 21 faixas inéditas do álbum 2016 cantadas pelo levantador de toadas oficial, David Assayag, ao som cadenciado da Marujada de Guerra, sob o comando dos maestros Luiz Carlos Barros, Vitorhugo Morais e Márcio Cardoso. O novo apresentador do Boi Caprichoso, Ornello Reis, atendeu as expectativas da galera azulada e fez boa estreia no primeiro evento oficial surpreendendo os presentes.

A aparição do pajé Waldir Santana, com a toada em sua homenagem “Trigésima Dança”, de autoria do compositor Adriano Aguiar, levantou o público na abertura do espetáculo. O Boi Caprichoso surpreendeu a torcida ao surgir do céu para evoluir no palco. A galera cantou em uma só voz as novas toadas, com destaque para os hits “Viva Parintins!”, também de autoria de Adriano Aguiar. Na sequencia, a toada “Somos Marujada de Guerra”, de Carlos Kaita e Dodozinho Carvalho exaltou os instrumentos e versatilidade da Marujada de Guerra.

O torcedor azulado, Fábio Benevides, que acompanhou todos os ensaios prévios a festa de lançamento do CD surpreendeu-se com a organização e desenvolvimento da festa. “O nosso repertório foi comprovado que é o melhor e tem a força para buscar mais um título do Festival” frisa. “A surpresa maior foi o nosso novo apresentador Ornello Reis, que teve pouco tempo para ensaiar e foi impecável em sua performance”, completa.

As coreografias do show ficaram por conta dos grupos Corpo de Dança Caprichoso (CDC) e Troup Caprichoso. Os versos do amo do boi, Edmundo Oran, incendiaram a galera. Passaram pelo palco a rainha do folclore, Brena Dianná, que apresentou uma nova coreografia de tirar o folego da torcida. A cunhã-poranga, Maria Azêdo, que comemora dez anos a frente do item também foi ovacionada pela torcida na coreografia da toada “Maria, A Deusa Tupinambá” popularmente conhecida como “Maria da Terra”. A torcida oficial Raça Azul vibrou junto com os torcedores na frente da Marujada de Guerra a cada toada do repertório do espetáculo “Viva Parintins!”.

Boi de Rua

Na noite de sábado, uma multidão de torcedores apaixonados se concentrou na avenida Nações Unidas, em frente ao Bumbódromo, para seguir com o Caprichoso pela rua Cordovil, avenida Amazonas, Gomes de Castro até o curral Zeca Xibelão. No trio, David Assayag, Ornello Reis, Edmundo Oran, cantores Cássio Gonçalves, Fabiano Neves e Patricky Monteiro cantavam as toadas agitando um cordão azul e branco por onde passava.

“A festa do lançamento do CD é tradicional nesse feriado de 21 de abril e a gente procura adequar a data melhor sempre para o final de semana. Esse ano deu muito certo e começamos a festa na sexta-feira. Um público grandioso participou do lançamento do CD e veio às ruas”, destacou o presidente do Caprichoso, Joilto Azêdo.

“A gente sente a emoção e vontade que essa torcida tem de ser bicampeã. Ficamos muito satisfeitos. Acreditamos no trabalho de todos os artistas, compositores que fizeram essas 21 toadas, e com todas as dificuldades o boi tem se reinventado para fazermos o melhor festival. Que a torcida continue a nos apoiar, como no ano passado, para ó bicampeonato do Caprichoso”, afirmou o presidente do bumbá.



Assessoria de Imprensa da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso
boicaprichoso.com
facebook.com/boibumbacaprichoso
instagram.com/boicaprichoso

LEIA TAMBÉM

29/6/19 Caprichoso mostra superioridade, boi técnico e emocionante na primeira de apresentação

“Do Caos à Utopia”. Essa foi narrativa do espetáculo apresentado pelo Boi Caprichoso


29/6/19 Na busca pelo tri, Caprichoso exalta figuras femininas

‘Um canto de esperança para Mátria Brasilis’ foi a escolha do bumbá para a apresentação das três noites do Festival


24/6/19 Fé e emoção marcam chegada de alegorias do Caprichoso na concentração

A primeira alegoria levada para a concentração do Bumbódromo foi o módulo, com Nossa Senhora do Carmo, do artista Makoy Cardoso


24/6/19 Boi Caprichoso festeja São João e leva multidão às ruas de Parintins

Uma multidão tomou conta das ruas de Parintins para brincar com o Boi Caprichoso


23/6/19 Boi Caprichoso recepciona caravana do Movimento Marujada

Reforço saiu de Manaus para a disputa do 54° Festival de Parintins







Festival 2020: 26, 27 e 28 de junho



ASSOCIAÇÃO CULTURAL BOI-BUMBÁ CAPRICHOSO
Todos os direitos reservados - boicaprichoso.com