Viva Parintins!
2016 23 toadas 292.644 acessos

TAMBÉM DISPONÍVEL EM:




AO SOM DO TAMBOR
AO SOM DO TAMBOR
TUPINAMBÁ VAI CONQUISTAR!
AO SOM DO TAMBOR
AO SOM DO TAMBOR
TUPINAMBÁ VAI CONQUISTAR!
GUERREIROS DOS OLHOS SEM MEDO
QUE NUNCA CONHECEM O MEDO
A CAMINHADA INICIA

PLUMAS QUE BRILHAM AO SOL
NA COSTA UM MANTO AFIRMANDO QUE É REI
A ORDEM É RUMAR PARA O NORTE
EM BUSCA DO GUAJUPIÁ A NAÇÃO

O ÍNDIO, JAVARDO, DIRO, AGUERRIDO
FEROZ, IMPULSIVO, ATROZ, DESTEMIDO

IBIRAPEMA
A FOME PELA CARNE
E A FOME PELO CORPO
E A FOME PELA ALMA
SOU TUPINAMBÁ
A GRANDE ODISSEIA, UM NOVO DESTINO
O CHEFE CACIQUE ESBRAVEJA NA MATA: “AVANTE OS GUERREIROS!”
PARA A CONQUISTA
PELA ÁGUA E PELO CHÃO
PELO SOL, ESCURIDÃO

ÁGUA, LAMA, SERRAS, VALES
SEGUE FIRME O CAMINHAR
MARCHA, AVANÇA, FORÇA, ANDA
NEM A MORTE OS VENCERÁ!
ÁGUA, LAMA, SERRAS, VALES
SEGUE FIRME O CAMINHAR
MARCHA, AVANÇA, FORÇA, ANDA
NEM A MORTE OS VENCERÁ!

TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)

PLUMAS QUE BRILHAM AO SOL
NA COSTA UM MANTO AFIRMANDO QUE É REI
A ORDEM É RUMAR PARA O NORTE
EM BUSCA DO GUAJUPIÁ A NAÇÃO

O ÍNDIO, JAVARDO, DIRO, AGUERRIDO
FEROZ, IMPULSIVO, ATROZ, DESTEMIDO

IBIRAPEMA
A FOME PELA CARNE
E A FOME PELO CORPO
E A FOME PELA ALMA
SOU TUPINAMBÁ
A GRANDE ODISSEIA, UM NOVO DESTINO
O CHEFE CACIQUE ESBRAVEJA NA MATA: “AVANTE OS GUERREIROS!”
PARA A CONQUISTA
PELA ÁGUA E PELO CHÃO
PELO SOL, ESCURIDÃO

ÁGUA, LAMA, SERRAS, VALES
SEGUE FIRME O CAMINHAR
MARCHA, AVANÇA, FORÇA, ANDA
NEM A MORTE OS VENCERÁ!
ÁGUA, LAMA, SERRAS, VALES
SEGUE FIRME O CAMINHAR
MARCHA, AVANÇA, FORÇA, ANDA
NEM A MORTE OS VENCERÁ!

TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)
TUPINAMBÁ! (HEYRA, HEYRA, HEY!)

GLOSSÁRIO INTERATIVO:

DIRO: desumano, cruel, duro.
GUAJUPIÁ: designa o céu dos escolhidos ou céu dos ancestrais no universo Tupinambá.
JAVARDO: que ou aquele que é grosseiro, mal educado, estúpido.
TUPINAMBÁ: tribo indígena do grupo Tupim falantes do tupinambá, andarilhos, habitavam costa Atlântica do Brasil no séc XVI e no arquipélago das Tupinambaranas, a Ilha de Tupinambarana (AM) onde está localizada a cidade de Parintins. Seus descendentes, 40 famílias foram oficialmente reconhecidas pela FUNAI em Olivença, no Nordeste.



Toadas & Letras de 2016
Caprichoso, Eterno Amor Viva Parintins! Somos Marujada de Guerra Tandawú Tupinambá, a conquista A cura e a fé Viva nossa Floresta! Não arrego pra nada Trigésima dança Paitunaré, o cavalheiro das águas Yanomami, filhos da terra Monhangaripi Juma O Artista Parintinense Gira a camisa azulada Maria, a deusa Tupinambá Parintintin, a tribo Tocaia Kagwahiva Apaixonado Torcedor Rito Ju'riju'rihuve'e Amarun Chacaruna


OUÇA NOSSAS MÍDIAS
Deslize as imagens para os lados e toque/clique na mídia escolhida
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique

Baixar mídia

Baixar cifras

Os arquivos de áudio aqui disponíveis, objetivam a divulgação cultural da nossa brincadeira de boi-bumbá, das nossas raízes e nossas tradições. Estão PERMITIDAS as audições pessoais, acadêmicas, escolares e demais, desde que sem fins lucrativos e/ou comerciais. Não estão permitidas as reproduções integrais ou parciais de qualquer música (toada), em quaisquer meios comerciais ou mídias sociais monetizadas ou não, sem prévio e expresso consentimento da ACBBC* e/ou dos próprios compositores.

Festival 2020: 26, 27 e 28 de junho



ASSOCIAÇÃO CULTURAL BOI-BUMBÁ CAPRICHOSO
Todos os direitos reservados - boicaprichoso.com