Viva Parintins!
2016 23 toadas 292.570 acessos

TAMBÉM DISPONÍVEL EM:




AH! DAS ÁGUAS LEVANTA
GUIA DOS LUGARES SEM LUZ, LÚMEN
SEM LUZ, LÚMEN
AH! FILHO DE BAÍRA
TERROR DOS PARINTINTIN

RETUMBANTE O BRADO QUE DESPERTA
O TEMERÁRIO DEVANEIO ORIUNDO BESTIAL
VITUPERAR
DO CORPO DE BAÍRA TODO MAL QUE EXISTE ELE EXPULSARÁ
FOI LANÇADO NO FUNDO DO RIO
O PRESSÁGIO SOMBRIO DE TUPÃ
DESPERTARÁ
MEU PESADELO SE RASTEJA NO ABISSAL E ME ESPREITARÁ

QUIMÉRICO IMPIEDOSO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O BOTE DO DESATINO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O TRONO DE OSSOS
UM IMPÉRIO DO TERROR NOS RIOS
QUIMÉRICO IMPIEDOSO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O BOTE DO DESATINO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O TRONO DE OSSOS
UM IMPÉRIO DO TERROR NOS RIOS

VAI SINGRANDO RESSOANDO O MEDO
A CRIATURA SANGUINÁRIA E MÁ
NO COVIL DAS ÁGUAS, FAZ SUA MORADA
TUA CACHOEIRA DE ALMAS
TEMEROSO SER COM LEGIÕES DO SUBMUNDO CAIRÁ SOBRE NÓS
OH OH OH OH OH OH OH OH

(VENHAM AS ARIRANHAS)
REBOJO DE PIRANHAS
(VENHAM AS ANACONDAS)
LAMBADA DE SERPENTE
(VENHAM DOS ANINGAS)
EM FALANGES VIRÃO
(VENHAM AS ARIRANHAS)
REBOJO DE PIRANHAS
(VENHAM AS ANACONDAS)
LAMBADA DE SERPENTE
(VENHAM DOS ANINGAS)
EM FALANGES VIRÃO

TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!
TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!
TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!

QUIMÉRICO IMPIEDOSO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O BOTE DO DESATINO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O TRONO DE OSSOS
UM IMPÉRIO DO TERROR NOS RIOS
QUIMÉRICO IMPIEDOSO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O BOTE DO DESATINO
(É TANDAWÚ QUE VEM)
O TRONO DE OSSOS
UM IMPÉRIO DO TERROR NOS RIOS

VAI SINGRANDO RESSOANDO O MEDO
A CRIATURA SANGUINÁRIA E MÁ
NO COVIL DAS ÁGUAS, FAZ SUA MORADA
TUA CACHOEIRA DE ALMAS
TEMEROSO SER COM LEGIÕES DO SUBMUNDO CAIRÁ SOBRE NÓS
OH OH OH OH OH OH OH OH

(VENHAM AS ARIRANHAS)
REBOJO DE PIRANHAS
(VENHAM AS ANACONDAS)
LAMBADA DE SERPENTE
(VENHAM DOS ANINGAS)
EM FALANGES VIRÃO
(VENHAM AS ARIRANHAS)
REBOJO DE PIRANHAS
(VENHAM AS ANACONDAS)
LAMBADA DE SERPENTE
(VENHAM DOS ANINGAS)
EM FALANGES VIRÃO

TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!
TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!
TANDAWÚ PREPARA O BOTE, LÁ VEM A FERA!

TANDAWÚ!

GLOSSÁRIO INTERATIVO:

ABISSAL: relativo a abismo, das grandes profundidades marítimas
ANINGAS: A aninga (Montrichardia linifera) é uma planta herbácea macrófita aquática da família das aráceas que tem cerca de 4 metros
BAÍRA: Derivação de Bairy, herói mítico dos índios Kawhiwa Parintintin, que significa a condensação das experiências, tradições e histórias daquele povo tupi
LÚMEN: é o fluxo luminoso dentro de um cone, emitido por um ponto luminoso com intensidade.
PARINTINTIN: grupo indígena da família linguística tupi-guarani, falantes do Kawahib. Descendente dos "Cabahyba" que habitavam as nascentes do rio Tapajós no final do século XVIII e início do XIX (da serra de Parintins até o rio Madeira), e que constituem um dos grupos designados por Carl Friedrich von Martius como "Tupi Centrais". O nome possivelmente foi dado pelos mundurucu. A maioria da população habita duas Terras Indígenas, no município de Humaitá, no Estado do Amazonas, com população estimada em 418 pessoas até 2010.
TANDAWÚ: do imaginário Parintintin, quimérico filho temido de Baíra, dono das feras abissais, o terror dos Parintintin.
TEMERÁRIO: que contém certo risco: arriscado, perigoso.
TUPÃ: designação Tupi do trovão, usada por alguns missionários para se referir a Deus



Toadas & Letras de 2016
Caprichoso, Eterno Amor Viva Parintins! Somos Marujada de Guerra Tandawú Tupinambá, a conquista A cura e a fé Viva nossa Floresta! Não arrego pra nada Trigésima dança Paitunaré, o cavalheiro das águas Yanomami, filhos da terra Monhangaripi Juma O Artista Parintinense Gira a camisa azulada Maria, a deusa Tupinambá Parintintin, a tribo Tocaia Kagwahiva Apaixonado Torcedor Rito Ju'riju'rihuve'e Amarun Chacaruna


OUÇA NOSSAS MÍDIAS
Deslize as imagens para os lados e toque/clique na mídia escolhida
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique
Clique

Baixar mídia

Baixar cifras

Os arquivos de áudio aqui disponíveis, objetivam a divulgação cultural da nossa brincadeira de boi-bumbá, das nossas raízes e nossas tradições. Estão PERMITIDAS as audições pessoais, acadêmicas, escolares e demais, desde que sem fins lucrativos e/ou comerciais. Não estão permitidas as reproduções integrais ou parciais de qualquer música (toada), em quaisquer meios comerciais ou mídias sociais monetizadas ou não, sem prévio e expresso consentimento da ACBBC* e/ou dos próprios compositores.

Festival 2020: 26, 27 e 28 de junho



ASSOCIAÇÃO CULTURAL BOI-BUMBÁ CAPRICHOSO
Todos os direitos reservados - boicaprichoso.com